Desolação

DESOLAÇÃO

Capital:
Governo:
Religiões:

Lugares importantes

VISÃO GERAL

O Reino da Desolação é um lugar onde não há esperança, é basicamente constituído de desertos, montanhas e geleiras, onde vale a lei do mais forte. Com a escassez de alimento, os habitantes deste Reino, travam verdadeiras lutas todos os dias em busca da sobrevivência. Os ricos e poderosos trazem alimentos de Azurin e os vendem a preços exorbitantes, o número de pobres e pessoas sem lugar para ficar é enorme, alguns ganham a vida como aventureiros em Azurin ou até mesmo nos Reinos Gélidos da Morte, atrás de recompensas suicidas que podem fazer o sonho de uma boa vida se tornar realidade.

O Reino da Desolação tem um governo central, é uma monarquia onde quem governa é o mais poderoso guerreiro que existe em todos os Reinos de Akshara. Mordak o Destruidor, um Meio-Orc gigantesco que é conhecido por sua crueldade e força, as lendas dizem que ele é descendente direto de Aldor e por isso prega sua filosofia de destruição por todo o mundo.

No Reino da desolação o uso de magia é proibido nas grandes metropoles e fortemente reprimido pelo exército local. Além do governo central, este Reino também possui centenas de subgovernos, onde vale a lei do mais forte. Guerreiros valorosos conseguiram criar várias cidades em volta de seus castelos, e muitos governam com autoridade e tirania, seguindo as tradições impostas por Mordak.

O Reino da desolação não tem uma boa relação com Azur, e guerras já foram travadas há séculos atrás, atualmente eles vivem um momento onde há uma política de não agressão, mas qualquer movimento em falso de um dos lados, pode desencadear uma guerra de enorme proporção.

Desolação

Huegard - Forja de Heróis azerediano